Caiaque extremo

sexta-feira, 27 de maio de 2011
 http://www.univap.br/dialogo_informativo/imagens/2009/ed43_sem18_24mai/noticia01_04_g.jpg
Vocês provavelmente já viram pessoas passeando de caiaque não é? Principalmente em praias mais calmas, é comum vermos pessoas calmas e pacatas remando de caiaque sem rumo ou destino, apenas curtindo o visual e uma boa paz marítima.
Mas, obviamente o ser humano que tem por definição ser radical, não se contenta em apenas curtir um passeio, ele quer mais, e percebendo que tinha um instrumento que podia atingir grandes velocidades, e realizar algumas manobras, tratou logo de procurar melhores aplicações para o dito barquinho.
Observando rios com fortes correntezas, pedras e cachoeiras altas, não pensou duas vezes antes de enfiar o caiaque no meio dessas correntezas, usando de uma forte destreza para navegar entre pedras e outros obstáculos, e despencar de cachoeiras, muitas vezes caindo de ponta no final delas, mergulhando e torcendo para subir rápido a superfície.
http://4.bp.blogspot.com/_f5QYp2n17Hg/S_bV8sf5tlI/AAAAAAAAHS0/Z8ds0z5yBUk/s1600/267dca7ed444e53ac46a0bbd2f3293ff.jpg
A essa adrenalina toda, damos o nome de caiaque extremo, uma modalidade do caiaque que podemos dizer extremamente radical e perigosa. É necessário uma grande intimidade com o caiaque para poder descer corredeiras perigosas, ter técnicas para virar e desvira-lo, saber remar , e saber cair, obvio.
Muita coragem e adrenalina para brincar nesse esporte, ainda estou descobrindo coisas sobre ele. Se souberem de algo, já sabem né? Fale conosco
http://www.clmais.com.br/public/noticias/012390.jpg
Read more ...